TAG: SÉRIES

tumblr_lz8qovpsug1qlfqyuo1_500

E ai galera tudo bem? Como vão nesta reta final de semestre? Eu to em uma correria só, e to aproveitando o tempo que tenho pra vir aqui conversar um pouco com vocês. E pra isso hoje eu trouxe uma tag super legal para responder para vocês.

Então vamos as perguntas:

1- Qual é sua série favorita de todos os tempos?

Pretty Little Liars. Poderia dizer skins, mas PLL ganhou meu coração primeiro.

2- Qual é o seu personagem preferido de todos os tempos?

Effy da série Skins.

3- Cite uma série que você viciou?

Skins. Já assisti duas vezes e não me canso.

4- Cite um personagem que você tem algo em comum.

Aria de PLL. Somos sonhadoras e amamos a arte.

5- Cite uma série que todo mundo gostou (ou gosta) e você não.

The Vampire Diaries.

6- Qual sua série favorita dos últimos tempos?

Blindspot. Fiz post sobre ela no blog.

7- Cite um protagonista que você não gosta, mas curte a série.

A rainha de The Royals.

8- Você assiste (assistia) alguma série brasileira?

Ainda não.

Eu quero muito saber a resposta de vocês, me digam nos comentários!

Porque amar a série Blindspot!

E ai galera tudo bem?

Uma das séries que mais gostei de assistir ultimamente foi Blindspot. E quer saber por quê? Primeiro porque a personagem principal é a Jess da série Kyle XY (série que eu sou apaixonada) e segundo porque amo séries com investigação tipo FBI.

Mas, sobre o que mesmo fala a série:

Blindspot conta a história de um agente do FBI que, misteriosamente, se vê em meio a uma conspiração. A história começa quando uma pessoa, completamente sem memória, é encontrada nua no meio da Times Square, em Nova York, com o corpo coberto de tatuagens recentes. E uma dessas tatuagens é o nome do agente.

Porque gostei? CONTÉM SPOILER

A série começa com personagem principal cujo nome verdadeiro ainda não sabemos, encontrada em uma mochila aberta na Times Square (semelhanças com Kyle? Nem um pouco neh) e logo após é levada como indicação para o FBI, em que descobrem o corpo todo tatuado e um nome da agente nas costas.

A Jane como é primeiramente chamada, está sob custódia do FBI e o motivo? Descobrir o significado das tatuagens e evitar crimes governamentais <3.

Tem um certo envolvimento da Jane com o Kurt devido a ele pensar que ela é sua vizinha perdida na infância, esta que desapareceu e ele culpa o pai por isso. E percebe que pode ser ela quando vê a mesma marca do corte que a vizinha tinha.

Os dois começam a trabalhar juntos e rola um clima. To super a favor do romance que não aconteceu ainda ❤

O que deixa a série ainda mais instigante? A investigação, o romance, as aventuras, os perigos, os crimes desvendados e o esquema em volta das tatuagens e a causa delas. E a pergunta que não quer calar: Quem é ela e porque seu corpo está coberto de tatuagens?

FBI, investigação e crimes. Quem está está curioso para saber quem é a Jane e qual seu passado?

4 motivos para amar a série The Royals!

Ei galera tudo bem? Quem anda atualizando as séries ai?

Vocês lembram de um post que fiz recentemente falando sobre as novas séries que deveríamos assistir, pois bem,  delas já assisti duas, primeiro Blindspot e depois The Royals, mas preferi começar por esse post aqui pois acho que irão gostar mais.

Mas sobre o que fala essa série mesmo? A resposta é simples REALEZA, MONARQUIA, LUXO, PODER E FAMÍLIA.

Anunciada em março, The Royals é uma série inspirada em Hamlet. Criada por Mark Schwahn (One Tree Hill), Brian Robbins e Joe Davola (One Tree Hill, Smallville), com roteiro de Schwahn, a história gira em torno de uma fictícia família da realeza britânica e a forma como ela se relaciona com o mundo das celebridades, corrompido pelo poder e pelo dinheiro.

Depois que o Príncipe Robert, um monarca amado pelo povo, é acidentalmente morto durante seu treinamento militar, seu irmão, Príncipe Liam (William Moseley) se torna o próximo na linha de sucessão. Liam é apaixonado pela americana Ophelia (Haley Lo Richardson), filha do chefe de segurança da família real. Estudante de arte e história, Ophelia ajuda Liam a lidar com a perda do irmão e com o fato de que agora ele é o novo Rei da Inglaterra.

A relação de Ophelia com seu filho não agrada a Rainha Helena (Elizabeth Hurley). Ainda tentando lidar com a morte do filho, e passando por problemas em seu casamento com Simon (Vincent Regan, de Strike Back), ela tenta impedir que o relacionamento de Liam e Ophelia se torne sério. Helena também é mãe da Princesa Eleanor (Alexandra Park), uma jovem que adora uma festa e desperta o interesse de Jasper (Tom Austen, de Jo), um dos guardas de segurança do Palácio. No elenco também estão Jim Piddock (Family Tree), como Truman, mordomo da família real; Jake Maskall, Ukweli Roache Oliver Milburn.

Mas o que interessa são os motivos para amar a série The Royals!

1. O príncipe e a plebeia são incríveis ❤

Ophelia (essa moça aqui abaixo) é filho do chefe de segurança do rei e conhece o Príncipe Liam em uma festa na qual eles ficam, isso que eles moram no mesmo castelo e que Ophelia é recém chegada dos EUA, fato que não agrada muito a realeza, além do fato da moça ser pobre, MAAS, como todo bom conto de fadas teremos vilões para testar o amor dos dois e mocinhos para ajudar com que tudo se resolva. Na trama muitos fatores vão contribuir para que esse seja mais um caso de amor complicado, o principal deles, o Liam é o próximo na sucessão do trono.

2. A família real é uma farsa kkkkk, vocês vão entender o porquê.

Os filhos são unidos, mas fazem tudo errado, festas, drogas e vergonhas diante da mídia fazem parte da rotina diária desta família. O filho “querido”, futuro sucessor do trono e adorado pela população, morre em um “acidente de guerra”, fazendo com que as coisas no palácio só piorem. O tio está sempre buscando derrubar a família real para herdar o trono, enquanto o rei se vê na necessidade de abolir a Monarquia para poder salvar a família. Mas, o resto não posso contar porque é SPOILER, mas tem muitas traições, mentiras e mortes relacionadas.

3. A rainha é um exemplo de príncipe (leia Maquiavel). Tudo pela garantia do Estado, ou seja Monarquia.

Para quem não leu ou nem vai ler Maquiavel, entenda que o Príncipe pode usar da violência e da mentira, e de outras coisitas mais, SE, leia bem, SE, for para o bem do Estado, no caso Monarquia. E a rainha é mestre nisso, ela passa por cima de tudo e todos para conseguir o que quer, a continuação da Monarquia e do seu poder. Isso responde alguns pequenos spoilers dado acima.

4. A Princesa Eleanor é a diva do pop ❤

Eleanor é roqueira, ama preto, tem estilo bastante parecido com a Effy de Skins ou a Alasca de Quem é você, Alasca? Que esperamos que seja interpretado pela Kaya Scondelario <3. Mas, voltando ao assunto, Eleanor é autentica, independente, barraqueira, o contrário de toda princesa existente, o que prova que, ser princesa nem sempre é garantia que você vai ser uma anja, no caso da Eleanor, ela tá bem longe disso. Ah! Reparem no segurança dela, hum ❤

O que acharam da série?

Novas séries para assistir!

Ei galera tudo bem?

Sempre que eu termino uma nova série, eu procuro uma nova para viciar kkk. No momento ainda estou assistindo Orange is the new black, faltam uns 06 episódios, ai depois vou precisar atualizar minha lista de séries. Por isso, já separei algumas para começar a assistir. Selecionei algumas que acredito que também irão gostar de assistir.

Blindspot ❤

A trama acompanha a bela Jane Doe (Jaimie Alexander), que se vê no centro de uma investigação após sair de uma mochila no meio da Times Square, sem lembrança nenhuma de como foi parar lá e sem saber qual o significado das inúmeras tatuagens que tem pelo corpo. A partir daí, ela e o agente do FBI Kurt Weller (Sullivan Stapleton) iniciam uma investigação em busca de desvendar os mistérios que envolvem a vida de Jane. A investigação se torna ainda mais complexa quando eles descobrem que uma das tatuagens nas costas de Jane tem o nome do próprio agente.

Narcos

A aposta da Netflix conta a história real da propagação da cocaína nos Estados Unidos e na Europa, graças ao Cartel de Medellín, liderado por Pablo Escobar (interpretado pelo brasileiro Wagner Moura). Para acabarem com o narcotráfico, dois agentes da DEA (agência americana que combate o tráfico de drogas) lideram uma missão para capturar e matar Escobar. Todos os episódios da primeira temporada estão disponíveis na Netflix!

Sense8

Cada um desses indivíduos é de uma cultura diferente espalhado pelo mundo. Em seu cotidiano, todos subitamente têm uma visão da violenta morte de uma mulher chamada Angélica e, a partir de então, eles, de repente, descobrem estar mental e emocionalmente ligados um ao outro, sendo capazes de se comunicar, sentir e apoderar-se do conhecimento, linguagem e habilidades alheias. A esse tipo de dom é dado o nome de Sensate.

The Royals

Criada por Mark Schwahn (One Tree Hill), The Royals acompanha Helena (Elizabeth Hurley), a matriarca de uma família real ficcional e contemporânea da Inglaterra, que deve lidar tanto com os dramas comuns quanto com os atípicos que fazem parte de sua vida, ao mesmo tempo em que fica sob o foco da olhar do público. O elenco conta ainda com Vincent Regan no papel do rei Simon, William Moseley como o príncipe Liam, Alexandra Park vivendo a princesa Eleanor e Jake Maskall como o príncipe Cyrus.

Believe

Bo tem habilidades que nunca conseguiu entender ou controlar totalmente: o poder de levitação, de controlar a natureza e até de prever o futuro. Até os 10 anos, ela foi protegida de pessoas que queriam usar seus poderes para seu próprio lucro — mas agora suas habilidades ganharam mais força e ameaça ficou ainda maior. A única pessoa capaz de realmente protegê-la é Tate, um homem que está preso por um crime que não cometeu. A princípio relutante, ele concorda em ficar ao lado dela, a pedido daqueles que, até então, vinham criando a menina. Agora Tate e Bo embarcam numa aventura de cidade em cidade, fugindo e se protegendo das estranhas forças que a perseguem.

Kingdom

Alvey Kulina é uma lenda do MMA, que agora administra uma academia de treinamento para novos nomes da luta. Ele tem dois filhos: o mais novo, Nate, um lutador profissional e maior esperança da família, e o mais velho, Jay, que já foi um grande lutador, mas hoje é bastante problemático. Além de enfrentar problemas financeiros para manter a academia, Alvey deve lidar com questões familiares pesadas, enquanto tenta acertar em suas apostas de novos nomes que possam fazer sucesso no ramo.

The LeftLovers

Quando 2% da população desaparecem abruptamente e sem nenhuma explicação, o mundo todo luta para entender e aceitar o que aconteceu. Terá sido o arrebatamento bíblico, levando os verdadeiros cristãos para junto de Deus no fim dos tempos? Ou um evento sobrenatural simplesmente inexplicável? Três anos depois desse evento traumático, acompanhamos a vida de quem foi deixado para trás, ou seja os “leftovers”.

Reckless

Situada na costa leste dos EUA e na região sul do país, a cidade litorânea de Charleston, no estado americano da Carolina do Sul, é o palco desta nova série Reckless. Aqui acompanharemos uma atraente advogada litigante, vinda do norte do país, e um charmoso advogado sulista, que devem esconder a atração que sentem um pelo outro, enquanto se encontram em lados opostos no julgamento de um escandaloso assédio sexual envolvendo a polícia — um caso que promete dividir toda a cidade.

Bates Motel

Prepare-se para conhecer as origens de um dos psicopatas mais marcantes dos cinemas. Bates Motel é a nova série que vai contar a história de Norman e Norma Bates antes dos eventos que acompanhamos no filme de 1960 de Alfred Hitchcock, Psicose.

Qual sua série preferida?

#Series: 2 broke girls

Ei gente, hoje vou falar de uma das minhas series favoritas que é 2 Broke Girls ou 2 Garotas em Apuros, que é uma serie de comedia, que a muito tempo eu já tinha ouvido falar mas só esse ano me interessei em assistir e logo já amei.

Sinopse: 2 Broke Girls conta a história de duas jovens de 20 e poucos anos vivendo em Nova Iorque com pouco dinheiro. Max , que veio de uma família pobre, trabalha como garçonete em uma lanchonete no Brooklyn onde faz amizade com Caroline, jovem que veio de uma família rica, mas que no momento está sem dinheiro. As duas planejam se tornar sócias de seu próprio negócio: uma loja de cupcake. Mas, para isso, elas teriam que juntar 250 mil dólares para as despesas iniciais. Enquanto elas não descobrem uma forma de conseguir o dinheiro, continuam trabalhando na lanchonete de Han Lee , um simpático coreano. No local também trabalham Oleg, o cozinheiro russo, e Earl , um afro-americano que cuida do caixa.

Pra quem gosta de comedia super aconselho, e pra quem gosta de series realistas também, pois ela mostra muito a realidade de 2 garotas lutando pra se manter e para montar uma empresa, e todas as dificuldades que as pessoas passam no dia a dia. Além ser muito engraçada e divertida, elas ainda passam por coisas incomuns para conseguir se manter ou ajudar um velho amigo. A serie Gira em torno de Max e Caroline, Max uma garota pobre, que trabalha em uma lanchonete para se manter, e Caroline uma ex milionária que luta para aprender a ser pobre, e enfrentar as dificuldades com a cabeça erguida. A serie é meio grande tem 3 temporadas e cada uma tem cerca de 22 a 25 episódios, mas cada episodio tem cerca de 20 a 25 minutos. Mas da tempo de correr e assistir porque a próxima temporada só sai no meio do próximo ano.

Eu assisto pela internet pois particularmente acho melhor pois da para acompanhar melhor a serie e podemos assistir a qualquer hora.

Gostaram? Alguém aí acompanha a serie? Comenta aí o que você achou

#Series: The 100

Eii pessoal, essa semana terminei de assistir a serie The 100, gostei muito, pois ela realmente nos envolve na historia e nos deixa intrigados para saber o que vai acontecer futuramente, a serie é baseada no livro The 100 da Kass Morgam, a primeira temporada foi ao ar em março deste ano e já foi renovada para sua segunda temporada devido a sua repercussão, a primeira temporada tem apenas 13 episódios, ou seja se você ainda não assisti da tempo de correr e assistir até que venha a próxima temporada.

Sinopse: Noventa e sete anos antes, um apocalipse nuclear dizimou o planeta Terra e destruiu a civilização. Os únicos sobreviventes foram os 400 habitantes de 12 estações espaciais que estavam em órbita durante o acontecimento. Depois de tantos anos, a população das aeronaves aumentou e os recursos estão quase acabando, o que pode significar o fim dos seres humanos.Por isso, os comandantes enviam para a Terra cem jovens prisioneiros, na tentativa de testar a situação no nosso planeta e descobrir se existe a possibilidade de retorno ao local. Além de lidarem com as próprias diferenças, o grupo precisa se unir para enfrentar os perigos que os aguardam por causa da radiação. Para complicar, tudo indica que eles não estão sozinhos.

O que achei: Comecei assistir por influencia de um amigo, e logo no primeiro episodio já amei a serie, não li ainda o livro, mas já esta na minha lista, a serie mostra aos poucos um pouco sobre a vida de cada personagem, e o motivo para ele ser escolhido para ser enviado a terra, todos que foram enviados a terra eram prisioneiros, eles mandaram prisioneiros, justamente porque não sabiam se a terra era um lugar seguro pois ela havia sido destruída por radiação, que ainda poderia estar presente lá, o que oferecia risco a eles, mas quando chegam lá descobrem que a terra é habitável, e que a radiação não era o problema e sim os que ali habitavam. Achei muito interessante o fato de ao mesmo tempo que eles querem matar uns aos outros eles querem se manter seguros e livre de qualquer perigo, como sempre tem o que se acha o chefão, o mal que quer matar os que não lhe agradam e muito mais. E aí gostou? já assistiu ou leu The 100? comenta aí o que você achou. Bjos Jade

#Resenha: Legend da Marie Lu!

11121395_923499107672925_75151552_n

Hey amores tudo bem?

Terminei de ler Legend no domingo e tinha que vir aqui deixar minhas considerações sobre o livro que me emocionou, chocou e me fez suspirar a cada página lida.

Legend é o primeiro livro da Trilogia e é seguido por Prodigy e Champion. A autora, Marie Lu nasceu na China e mudou-se ainda criança com a família para os EUA. Já trabalhou como programadora na indústria de videogames, mas hoje é escritora em tempo integral.

Impossível parar. O que uniria um soldado da República e o criminoso mais procurado pelo sistema? A verdade não liberta, na República as pessoas morrem quando a conhecem.

A série Legend é ambientada na República, instalada numa região outrora conhecida como Costa Oeste dos Estados Unidos, e conta a história de June, uma garota de 15 anos nascida numa família de elite e que possui impressionantes habilidades militares, e Day, um garoto pobre considerado o criminoso mais procurado do país. Quando o irmão de June é assassinado, os caminhos dos dois jovens se cruzam, o que deu início a uma trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.

O que achei é uma pergunta um tanto óbvia. Véi, que isso! Queria poder gritar aqui em palavras, como não posso vai o caps lock mesmo QUERO PRODIGY LOGO, AGORA! O livro é cheio de ação, aventura, mistério, dor, romance e isso tudo misturado a tensão e muito mais. Juro pra vocês que achei que ele ia morrer SPOILER, SORRY! Não ia aguentar, a June é um amor!

Contrariando a todos não achei esse livro tão parecido com Divergente e Jogos Vorazes, ele me lembrou por muitas vezes o livro Destino da Ally Condie, é a forma como a sociedade trata seus membros, é a Praga como intimidadora social, é o confiar totalmente no sistema. O que me lembrou Divergente foi somente o sistema de escolha de cargos, no caso a prova.

Mas, o que me fez amar assim foi a forma como a autora desenvolveu o livro de forma a te prender de uma forma louca e te fazer esquecer de qualquer outra coisa que já tenha lido. É simplesmente uma louca aventura com romance.

11264414_923499054339597_342433982_n

11258937_923499094339593_206446870_n

11225632_923499011006268_1639827412_n

11120908_923499051006264_1321480484_n

11256166_923499151006254_949576346_n

11169142_923499064339596_148868568_n

11216099_923499031006266_443138062_n

E ai? Gostaram da resenha? Quem já tinha lido o livro?

65 in 365 (2015)

P1050030

Heey! Quem ai já fez os planos para 2015?

Ano passado eu não fiz esse tipo de post, mas resolvi fazer esse ano e não deixar apenas no blog, mas colar também no meu guarda-roupa para não esquecer. Eu espero poder realizar todos esses 65 desejos!

1. Mudar a cor do meu cabelo (integralmente ou parcialmente)
2. Emagrecer.
3. Ler mais livros.
4. Terminar de escrever meu segundo livro “Sonhos Fragmentados”
5. Me dedicar a academia.
6. Mudar minha alimentação.
7. Manter o blog.
8. Ler mais a bíblia.
9. Ir mais à igreja.
10. Sair mais com os amigos.
11. Ser uma pessoa melhor.
12. Continuar trabalhando.
13. Viajar mais.
14. Estudar mais.
15. Comprar uma impressora.
16. Fazer uma coisa legal no meu aniversário.
17. Conhecer Fortaleza.
18. Comprar pelo menos metade da minha lista de livros.
19. Cuidar mais de mim.
20. Economizar dinheiro.
21. Fazer mais amizades.
22. Ir a mais shows.
23. Ser mais feliz.
24. Comprar mais produtos de beleza (necessários)
25. Ser mais corajosa.
26. Dizer mais sim.
27. Comer comidas diferentes e saudáveis.
28. Comer menos doces e salgados.
29. Não tomar refrigerantes.
30. Ler um livro incrível.
31. Ver o por do sol em um lugar incrível.
32. Beber mais água.
33. Viver em paz comigo.
34. Comprar cds de música.
35. Ser mais organizada.
36. Me dedicar de corpo e alma ao jornalismo.
37. Mudar sempre que possível.
38. Não comer arroz.
39. Escutar mais música.
40. Ser um pessoa mais calma.
41. Não ser tão mandona.
42. Ser o máximo de sincera que eu conseguir.
43. Fazer mais amigos e bons amigos.
44. Não deixar a mágoa acumular.
45. Ser positiva.
46. Ser mais controlada nas finanças.
47. Ser mais sociável.
48. Amar mais as pessoas com quem vivo.
49. Respeitar mais as pessoas.
50. Ir mais ao médico.
51. Escrever mais.
52. Trocar de celular
53. Fazer feira com mais frequência.
54. Me alimentar BEM de duas em duas horas.
55. Ser uma pessoa do bem.
56. Resistir as tentações.
57. Decidir qual área do jornalismo eu vou querer seguir.
58. Ler minhas revistas acumuladas.
59. Experimentar algo diferente.
60. Aproveitar os momentos de lazer.
61. Se aventurar mais.
62. Não deixar que a solidão me leve a exclusão.
63. Diminuir o nível de açúcar e gordura no sangue.
64. Ser agradecida.
65. Conseguir cumprir pelo menos 50 coisas desta lista.

Uffa, demorei duas semanas para pensar em 65 coisas para 2015, mas consegui. Espero que gostem das minhas metas. Quem ai fez metas para 2015 deixa o link ou as metas nos comentários para eu saber as suas.

kisses -P

Quem ai assiste Skins?

Quem ai já assistiu Skins sabe do que vou falar e quem não assistiu não sabe o que está perdendo.

Conheci a série em um grupo no whatssap sobre PLL e acabei curtindo a série. A primeira e a segunda temporada conta a história dos garotos da primeira foto (acima) e seus desafios no mundo escolar e nos relacionamentos até que estes terminem o colegial.

Skins significa juventude à flor da pele e não seria diferente na série. São diversas situações em que os jovens são envolvidos que os levam a refletir sobre amizade, dinheiro, família, drogas, sexo, rock, garotas e bebida. Tudo de forma leve e descontraída.

Até que chegamos na 3ª temporada (estou no 9º ep. de 11), e deparamos com a serie toda voltado ao mundo de Effy que é a irmã badalada e rebelde do Tony (1ª temp.). Agora são novos amigos, novas aventuras, novos perigos. A serie fica mais intensa, com a juventude em todo o seu potencial de problemas e buscando nas drogas e no sexo amparo.

Da primeira temporada minha personagem preferida é a Cassie, pois ela é uma garota forte, determinada, que luta pelo que quer. Cassie passa quase que a primeira temporada inteira com problemas relacionados com peso (ela tem bulimia), é muito magra e acredita ser gorda.

Fica dias sem comer e é apaixonada pelo Sid, que gosta da Michelly que gosta do Tony. No desenrolar da história descobrimos se ela consegue ou não ficar com o Sid ou qual o seu destino. Fiquei encantada com a voz e a doçura da Cassie.

Effy é rebelde, revoltada com a vida e com a família que não se importa. Os pais bebem e fumam dentro de casa. Na primeira temp. Effy se apresenta como uma garota rebelde, mas controlada pelos pais. A partir da separação dos pais e da ida de Tony, seu irmão, para à faculdade Effy demonstra seu verdadeiro ser, indomável.

Effy é linda, determinada e desencanada. Amo ver como ela resolve os problemas relacionados aos amigos.

Quem não assistiu deve assistir e para quem já assistiu, qual seu personagem favorito?